Oi, tudo bem?

Sejam bem vindes, Todas e Todos. Neste espaço tenho a intenção de compartilhar minha atuação da faceta fotógrafa na sociedade, que observa com olhar de Humana, Mulher, arquiteta, mestranda, corretora e Questionadora. Na medida que vou caminhando, vou registrando. Este é meu vício, e é um vício bom! Vambora olhar as cidades, as coisas, as pessoas, os cemitérios, as viagens, a natureza... e o que mais vier. Navegue nos botões ali em cima para ver um pouco dessa trajetória em construção, e acesse também a página no Facebook, no botão aqui embaixo. <3

Sobre a autora.

Arquiteta, fotógrafa, corretora, terapeuta, etc.  Enfim, um ser que ama ser.

Chris Duarte: fotógrafa ativista, arquiteta e urbanista de formação (acadêmica e de vida), corretora por profissão de crise e terapeuta por necessidade da mente-corpo-espírito. Formada em 2010 pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ, pós-graduada pelo Instituto de Política e Planejamento Urbano e Regional, UFRJ, onde pesquisei sobre os resíduos gerados pela demolição na construção civil e seu reaproveitamento na construção civil. Ganhamos, em coletivo, uma Menção Honrosa em 2011 pelo Concurso Nacional: Projeto de Arquitetura de Novas Tipologias para habitação de Interesse Social Sustentável, que vale mencionar por fazer parte do debate da Habitação, e antes disso fiz parte da Equipe Técnica do Plano Diretor da UFRJ. (obs: Neste último devo afirmar que me orgulho de ter estado em uma frente atuante tão importante, que pensou o urbanismo em diálogo com arquitetura no campo educacional universitário federal, mas que vergonhosamente ficou parado no tempo, em forma de esqueleto milionário, até hoje). Em 2015, colaborei com o Instituto dos Arquitetos do Brasil-RJ como Conselheira Deliberativa, e em sua gestão, idealizei e coordenei o Primeiro Ciclo de Debates-Encontro com ONG`s de Arquitetura e Urbanismo, sendo este o resultado de minha experiência como voluntária na ONG TETO, no mesmo ano, realizando atividades na comunidade de Jardim Gramacho, em Duque de Caxias. Ainda neste mesmo ano (transformador) iniciei uma nova proposta, em coletivo, para ocupar os espaços abandonados da cidade, participando do Climathon, um desafio de ideias do Studio-X, na Praça Tiradentes, e desde então me dedico ao CHaT-Cultura Habitação e Trabalho: o novo ocupar de espaços abandonados, que virou projeto de mestrado, cursando atualmente no Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social, no Instituto de Politecnia da Engenharia da UFRJ. (obs: Luz à Solano Trindade foi um artigo produzido em coletivo, durante uma disciplina de mestrado, onde propusemos a utilização de Energia Fotovolaica Solar para a Ocupação Solano Trindade, em Duque de Caxias).

Transversalmente a este percurso, sigo fotografando, por amor à essa arte, embriagada em um vício saudável, que mostro um pouco e aos poucos, neste canal.

Anúncios

3 comentários em “Sobre a autora.

  1. Chris fodona linda. Gente assim que o mundo precisa! Parabéns pelo blog. Compartilhar é preciso!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lívia, sinto exatamente o mesmo sobre você e seu trabalho. Estamos juntas, maravilhosa!! Muita gratidão pelos elogios e pelos parabéns!

      Curtir

  2. ELIANE SOUZA DUARTE TEIXEIRA 23 de março de 2018 — 11:58 am

    Me orgulho de dizer que você é minha filha!!!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close